coletor solar plano

Coletor solar plano X Coletor solar a vácuo: quais são as diferenças?

Ter um sistema de aquecimento solar em casa não é mais luxo para brasileiros e sim uma necessidade. As novas tecnologias permitem equipamentos mais acessíveis e eficazes para uma boa captação e armazenamento de energia térmica.

Nesse cenário, novas opções de coletores aparecem no mercado: o coletor solar plano e o coletor solar a vácuo. Cada um deles tem suas vantagens e benefícios, que devem ser levados em conta na hora da compra. Até porque, cada casa se adapta melhor a um tipo de coletor. Para saber mais sobre os dois tópicos, acompanhe este artigo e tire suas dúvidas.

Como funciona o coletor solar plano?

O coletor solar plano é o mais acessível e recomendado no momento. Suas placas, assim como o boiler do sistema de aquecimento, são desenvolvidas com isolamento térmico com o objetivo de reduzir a perda de calor para o ambiente.

A primeira camada da placa é totalmente coberta por vidro, que serve como revestimento para o alumínio que compõe o coletor. Depois, estão os tubos por onde a água passa, junto com estruturas mais escuras chamadas aletas, que retém o calor do sol. Por fim, é a vez do isolante térmico, que em geral é feito em lã de vidro. A questão estética do coletor solar plano também agrada mais, já que é liso, sem protuberâncias e com um efeito espelhado.

Quais as diferenças do coletor solar a vácuo?

O coletor solar a vácuo, ao invés de trabalhar com placas coletoras, utiliza tubos que substituem a lã de vidro pelo vácuo. Ele tem uma camada de absorção para não refletir os raios solares e garantir a absorção de calor. Por ser uma tecnologia mais recente, seu valor ainda é alto.

Ao contrário dos coletores tradicionais, ainda não é fabricado no Brasil. Ou seja, ainda é praticamente inviável adquiri-lo com comodidade e segurança. Caso ocorra algum problema, nem sempre será fácil acionar a garantia para solucionar a questão.

Em alguns sistemas, os tubos são acoplados diretamente no reservatório de água, o que traz mais complicações, como excesso de peso sobre o telhado. Sendo mais difícil de ser instalado e demandando mais cuidados nesse processo.

Quando é mais recomendado o uso de um ou outro?

A escolha entre coletor solar plano e coletor solar a vácuo depende da estrutura de sua obra e também de seu consumo de água quente. Para banho e aquecimento de piscinas, o coletor plano é sempre a melhor opção, uma vez que apresenta excelente custo-benefício.

Por outro lado, para temperaturas acima de 80 graus, o coletor a vácuo atende com mais eficiência. Para se decidir entre as duas tecnologias, leve em conta a quantidade de banhos, a temperatura desejada e quantas pessoas vivem ou permanecem no estabelecimento ou residência.

Embora ambas as opções tenham longa durabilidade, que chega a até 20 anos, é indispensável dar manutenção periódica e realizar uma boa limpeza para manter a funcionalidade das placas em dia. No mais, o importante mesmo é adotar uma alternativa sustentável e fazer um bom uso do que foi escolhido.

Quer saber mais sobre as diferenças dos coletores solares? Confira mais um artigo sobre esse assunto aqui.

Posts Relacionados

0 Comentários