sistema de aquecimento solar

O sistema de aquecimento solar precisa ser trocado depois de um tempo?

A manutenção do sistema de aquecimento solar é uma dúvida frequente entre as pessoas que o possuem e também àquelas que pretendem adquirir o produto. Mesmo que os painéis sejam considerados bens duráveis, um sistema de aquecimento solar precisa de cuidados para que tenha maior durabilidade e desempenho.

Quem investe nesse tipo de sistema, sabe que o custo-benefício vale a pena. Instalar painéis fotovoltaicos em casas ou empresas não é apenas uma questão de ser sustentável e contribuir para reduzir a poluição e as emissões de gases de efeito estufa, mas também para reduzir os custos com energia elétrica. Por isso, a vida útil desse tipo de tecnologia também é um ponto que merece atenção.

Como funciona o sistema de aquecimento solar?

Todo sistema de aquecimento solar, como princípio de funcionamento, utiliza a captação dos raios solares para transformá-los em energia térmica e, assim, aquecer a água da piscina.

Os coletores podem ser fabricados a partir de vários materiais. Os mais eficientes utilizam o vidro como importante instrumento para a retenção de calor. A água que circula dentro dos tubos internos do coletor solar é aquecida após a radiação ultrapassar a camada de vidro.

Assim, quanto mais translúcido for o vidro, mais o sistema de aquecimento solar será eficiente. Normalmente, esses painéis utilizam um material conhecido como borosilicato, que é um tipo de vidro específico para o aquecedor solar de tubos de vácuo. Por isso, para conservar e otimizar o funcionamento do seu sistema de aquecimento solar, é importante manter a manutenção e a limpeza do mesmo em dia.

Entenda qual a vida útil do seu aquecedor

Normalmente, a garantia padrão de eficiência de um painel solar é de 25 anos, funcionando com 80% de seu desempenho original. Com o passar dos anos, a luz solar — a mesma que faz com que os painéis produzam energia pode fazer com que eles se deteriorem.

Isso porque, por diversas razões, a ação do sol enfraquece as ligações químicas que fazem a célula solar funcionar. A maioria dos painéis solares que vemos instalados em casas e empresas são compostos por células fotovoltaicos de silício e, como diversos outros materiais, eles podem envelhecer quando expostas continuamente ao sol.

Os princípios pelo qual essas células fotovoltaicas perdem eficiência são conhecidos por LID (Degradação Induzida pela Luz) e PID (Degradação Induzida Potencial). O LID é geralmente atribuído a oxidação do Boron de wafers de silício cristalino tipo “p”, causado através de um mecanismo de recombinação induzida.

Já o PID acontece por uma queda na produção de energia da célula fotovoltaica induzida por fuga de tensão, causando a migração de íons de sódio de outros elementos do painel como (vidro ou estrutura metálica) para a superfície da célula. Por conta desses dois fenômenos, um painel de aquecimento solar pode perder, em seu primeiro ano, até 3% de eficiência. Depois, este número cai para, em média, 0,7% ao ano.

Mas, não há com o que se preocupar. Por serem fabricados com materiais de qualidade e alta tecnologia, um sistema de aquecimento solar dura, em média, 50 anos antes que precise ser substituído.

Agora que você já sabe como funciona a troca de um sistema de aquecimento solar, aproveite para saber mais sobre a troca do termostato do seu aquecedor solar.

Posts Relacionados

0 Comentários