Contas de energia: saiba mais sobre a mensuração das bandeiras tarifárias

HOME / Blog
Publicado em 14 de maio de 2019

Contas de energia: saiba mais sobre a mensuração das bandeiras tarifárias

Despesas domésticas sempre pedem uma atenção especial. Afinal, é indispensável controlar seu dinheiro, principalmente no que diz respeito a contas de consumo básico. Em 2015, todas as contas de energia receberam as chamadas bandeiras tarifárias. Mas muita gente não sabe o que isso significa, ou mesmo como funcionam, mesmo sendo muito importante para calcular seus gastos e economizar.

Pode ficar tranquilo: não há dificuldade alguma em entender esses dois pontos. Por isso, vale a leitura deste artigo para ficar por dentro do assunto. Confira!

O que são bandeiras tarifárias?

As bandeiras tarifárias servem para sinalizar o valor das contas de energia. Elas são divididas em três cores (verde, amarela e vermelha), para indicar se a sua energia terá o valor mensurado em função das condições de geração de eletricidade.

O sistema permite que o consumidor visualize exatamente como o valor de seus gastos é distribuído, e, caso ocorra algum aumento, descubra o motivo. O que torna mais fácil a análise da sua conta de energia.

Quais são as características de cada bandeira?

Na bandeira verde, o consumidor percebe que as condições de geração de energia são totalmente favoráveis. Sendo assim, a tarifa não sofre nenhuma alteração e a cobrança continua da mesma forma com a qual ele já está acostumado.

A bandeira amarela, indica condições menos favoráveis de geração de energia. É possível que a tarifa tenha acréscimo de 0,010 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos.

As bandeiras tarifárias vermelhas se dividem em patamar 1, para condições com maior custo de geração e acréscimo de R$ 0,030 para cada quilowatt-hora kWh consumido, e patamar 3, com acréscimo de R$ 0,050. Essa divisão é uma excelente forma para que o consumidor inicie um consumo mais consciente de energia.

Por que as bandeiras mudam de cor?

As bandeiras tarifárias mudam de cor sempre que as condições de operação do sistema de geração de energia elétrica passam por uma reavaliação. O responsável por esse processo é o Operador Nacional do Sistema Elétrico — ONS, que também cuida de estratégias de geração para atender melhor a demanda da população.

O resultado dessa avaliação é o que determina a previsão de geração hidráulica e térmica. Levando, dessa forma, ao preço final cobrado a curto prazo para liquidação de energia no mercado. O final de cada mês, você pode acessar o site da ANEEL, e conferir qual será a bandeira do mês seguinte, para começar a ajustar seu consumo. Se preferir, consulte também no site da operadora de energia vigente em sua cidade.

Pronto! Agora você já sabe como as bandeiras tarifárias funcionam e consegue detalhar melhor como funciona seu consumo de energia. Lembre-se, ainda que a bandeira do mês seja verde, nada impede hábitos mais sustentáveis para uma vida melhor.

Essas informações foram úteis para você? Curta a nossa página no Facebook para acompanhar outras novidades e orientações como as do texto e entender mais sobre seu entendimento sobre consumo de energia.

Posts Relacionados

produtos da Heliodin

6 produtos da Heliodin recomendados para revenda

A população brasileira está se conscientizando da importância de adotar práticas sustentáveis no dia a dia, seja em casa, seja no trabalho.  Uma das soluções mais famosas é o sistema de aquecimento solar. O sistema é formado por mais de um equipamento (coletor solar ou placa solar, reservatório térmico). Como a demanda está crescendo, vale […]

manutenção de aquecedor solar

Manutenção de aquecedor solar: quando fazer?

Atualmente, o aquecedor solar é um sistema muito adotado pelos consumidores devido à economia que proporciona.  Os custos com energia elétrica tendem a ser muito altos e as pessoas procuram gastar menos, mesmo que tenham que fazer um investimento inicial mais alto, mas que compense, ou seja, o custo-benefício vale a pena.  Vale lembrar que […]

engenharia-de-aplicação

Conheça mais sobre a engenharia de aplicação da Heliodin

O engenheiro de aplicação realiza o desenvolvimento de projetos, informando dados sobre detalhes técnicos, prazos, especificações, custos, avaliação de processos, levantamento de informações para interpretar e atender as demandas e necessidades dos clientes. A engenharia de aplicação da Heliodin destaca-se principalmente no suporte às revendas em obras de grande porte. Dessa forma, vale a pena […]